Espetáculo performático terá curta temporada em fevereiro

Espetáculo performático “gensSELVAgens” será apresentado em Campinas em fevereiro. (Foto: Divulgação/Pedro Amatuzzi) 

Um espetáculo com diversas linguagens, performático e que permite mudanças durante a (curta) temporada em Campinas. Assim é o “gensSELVAgens A Fabulosa Viagem da Trupe Trapo”, peça multimodal que terá cinco apresentações em fevereiro em três espaços culturais da cidade.

O projeto é ganhador do prêmio Ficc (Fundo de Investimentos Culturais de Campinas) de 2015, mas está sendo executado agora por atraso do pagamento da Prefeitura de Campinas. O espetáculo foi criado pela Trupe Trapo Cia Artística, também da cidade.

Na linha condutora do espetáculo, a poesia de Lou Reed e o universo da Factory de Andy Warhol. Com isso, há uma mistura de diferentes linguagens artísticas e performances, guiadas pela Trupe. São cenas que mixam dança, teatro, Super 8, artes plásticas e poesia.

AS DATAS

O espetáculo gensSELVAgens A Fabulosa Viagem da Trupe Trapo estreia nesta sexta-feira (08), às 20h no espaço Urucungos (R. Salvador Lombardi Neto – Vila Nova Teixeira, Campinas). A peça também será apresentada no sábado no mesmo local e horário, com entrada gratuita.

No dia 14, o espaço cultural da Vila União Maloca Arte e Cultura receberá o espetáculo e nos dias 15 e 16 a peça será apresentada no Centro Cultural Casarão, em Barão Geraldo. As sessões ocorrem sempre às 20h e têm entrada gratuita.

PERSONAGENS URBANOS

Segundo a Trupe Trato, o lirismo de personagens urbanos e outsiders presentes na obra de Lou Reed inspiraram a criação dos textos, cenas, performances e dramaturgia de gensSELVAgens.

A Trupe é formada por: André Prada (intervenções poéticas), Ava Soani (atriz e dançarina), Cecília Gomes (atriz, dançarina e dramaturga), Fábio de Bittencourt (artista plástico e cenógrafo), Julio Lemos (iluminação e cenotécnico), Lucas Vega (Super 8), Maurício Simionato (efeitos sonoros na guitarra). A direção é de Lika Rosá, os figurinos de Warner Júnior, cenografia de Fábio de Bittencourt e adereços de Ronan Gonçalves e produção de Mia Moraes.  

TUDO PODE ACONTECER

O espetáculo gensSELVAgens é uma obra aberta e em constante criação. Uma das principais características é a concepção para espaços alternativos e sua adaptabilidade técnica constante, que permeou todo o processo criativo, desde o início da pesquisa em 2014. E
sta característica altera significativamente a configuração de cada apresentação.

Quem assistir à temporada completa poderá perceber mudanças em cenas, climas e performance dos criadores-intérpretes. Outra característica é que o espetáculo flerta com a atmosfera de um happening, devido ao forte apelo visual e a inspiração no universo da Factory.

SOBRE A FACTORY

The Factory (A Fábrica) foi um estúdio de arte fundado pelo artista americano de pop art Andy Warhol, localizado em Manhattan, Nova Iorque. O estúdio teve três diferentes localizações entre 1962 e 1984 e foi berço para o surgimento da banda Velvet Urderground, uma das mais influentes da história do rock.

A TRUPE TRAPO

Por afinidade estética e experiências em trabalhos anteriores, as criadoras intérpretes Ava Soani e Cecília Gomes fundaram a Trupe Trapo Cia Artística. A formação deste núcleo de criação artística se dá a partir da vontade de experimentar a interação plena das artes cênicas com outras linguagens artísticas. Integram este coletivo: Ava Soani (criadora-intérprete), Cecília Gomes (criadora-intérprete), Fábio de Bittencourt (artista visual), Lucas Vega (Super 8), André Prada (poesia e vocal), Maurício Simionato (guitarra) e Julio Lemos (cenotécnico).

Separadamente, cada um dos integrantes possui carreira artística consolidada e têm em comum, além do objeto de pesquisa, o fato morarem na cidade Campinas e o desejo de trabalhar coletivamente na criação de seu primeiro espetáculo, cuja idealização iniciou-se em 2013. A pesquisa cênica foi apresentada no II Seminário Internacional Corpos Diferenciados na Arte Contemporânea realizado pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte em dezembro de 2014. Em setembro de 2015 a performance do grupo foi realizada na programação da Sala René Gumiel Funarte SP, como parte da Ocupação Inquietos e estreia em 2019, após a liberação dos recursos do FICC para sua produção.

SERVIÇO

Apresentação de gensSELVAgens A Fabulosa Viagem de Trupe Trapo

Espetáculo de múltiplas linguagens artísticas da Trupe Trapo Cia Artística. Direção Lika Rosá.
Com: André Prada, Ava Soani, Cecília Gomes, Fábio de Bittencourt, Julio Lemos, Lucas Vega, Maurício Simionato.
Figurinos: Warner Júnior. Adereços de Ronan Gonçalves.
Cenografia: Fábio de Bittencourt. Produção de Mia Moraes.
Classificação indicativa: 16 anos.

08 e 09/02 (Sexta e sábado) às 20h
Local: Urucungos (R. Salvador Lombardi Neto, 15 – Vila Teixeira. Campinas). Entrada gratuita.

14/02 (quinta-feira) às 20h
Local: Maloca Arte e Cultura (R. Maria Pink Luís, 99-171 – Parque Res. Vila União. Campinas). Entrada gratuita.

15 e 16/02 (sexta e sábado) às 20h (R. Maria Ribeiro Sampaio Reginato, S/N. Barão Geraldo. Campinas). Entrada gratuita.