Fraga culpa a imprensa por ataque a tiros que deixou 5 mortos em Campinas

(foto: Vinicius Cardoso Vieira/Esp. CB/D.A Press)(foto: Vinicius Cardoso Vieira/Esp. CB/D.A Press)

 

Citando nominalmente a Rede Globo, o deputado — que acabou derrotado na disputada pelo Governo do Distrito Federal e ficará sem mandato a partir de fevereiro — disse que a imprensa é culpada pelo episódio por “trazer para o país notícias de lobos solitários nos Estados Unidos”. Ainda na opinião do deputado, a emissora exibe as reportagens por ser “a favor do estatuto do desarmamento”.

Fraga é coronel da Polícia Militar e favorável à revisão do estatuto. “Eu digo sem medo de errar: esse tipo de atitudo deve-se à repercussão que a Rede Globo de Televisão traz casos isolados de estados americanos para servir de exemplo no Brasil [sic]”, afirmou o parlamentar, durante sessão deliberativa da Câmara.

O ataque à Catedral de Campinas aconteceu por volta das 13h desta terça, quando uma missa ocorria no interior da igreja, que estava repleta de idosos. De acordo com a polícia local, imagens das câmaras de segurança mostram o homem sentado em um dos bancos da igreja. Ao fim da missa, ele se levantou e começou os disparos. Policiais teriam entrado no local durante o ataque e acertado o autor. Nesse momento, ele teria voltado a arma para si e tirado a própria vida.
A Prefeitura de Campinas informou que dois dos feridos foram levados para o Hospital Municipal Mário Gatti, e os outros dois para o Hospital de Clínicas da Unicamp e a Beneficência Portuguesa.

Fraga