Sede do Conselho Regional de Radiologia é alvo de tiros em SP

A sede do CRTR-SP (Conselho Regional dos Técnicos de Radiologia de São Paulo) localizado no Sumaré, na zona oeste de São Paulo, foi alvo de disparos por volta das 21h30 de sexta-feira (7). No momento dos disparos, não havia ninguém no local.

Corregedoria apura morte de empresário em abordagem policial

A ocorrência foi notificada por vizinhos, que ouviram os disparos e chamaram a polícia. De acordo com funcionários do conselho, foram mais de seis tiros que atingiram a fachada, a recepção e um carro que estava estacionado em frente ao prédio.

O próprio CRTR-SP afirma que acionou a PF (Polícia Federal), que deve prosseguir com as investigações. Porém, a Polícia Militar informou não conhecimento ou registro do caso.

Essa não seria a primeira vez que o conselho é alvo de ataques. Segundo a assessoria, na noite do dia 22 de outubro, um homem que usava uma máscara pichou a palavra “fora” no portão da entidade. Câmeras de monitoramento registraram a cena.

Momento conturbado

O CRTR-SP vive um momento conturbado em sua gestão desde que a antiga diretoria foi afastada. No entanto, o novo diretor, Agnaldo Silva, pediu afastamento do cargo há 15 dias para concorrer à direção na próxima eleição. Ele relata que própria sexta-feira (7) recebeu uma ligação ameaçadora.

Suspeito acusado de abusar de paciente em clínica de Raio-X é preso

Ainda segundo o conselho, outros membros também estariam sendo ameaçados. O atual diretor, Guilherme Antônio Ribeiro Viana, e o diretor-secretário, Jorge Biagi Fernandes, também relatam que receberam ligações.

MPF mantem intervenção

O MPF (Ministério Público Federal) deu parecer favorável a intervenção do conselho nesta sexta-feira (7). Ação pede que seja mantido o bloqueio dos bens dos conselheiros afastados.

A intervenção foi feita pelo Conter (Conselho Nacional de Técnicos em Radiologia) e afastou por desvios 18 membros responsáveis pelo conselho paulista.