Guarda Municipal de Vinhedo trabalha com 21,8% dos coletes dentro do prazo de validade

100 dos 128 coletes da Guarda Municipal de Vinhedo estão vencidos

100 dos 128 coletes da Guarda Municipal de Vinhedo estão vencidos

A Guarda Civil Municipal de Vinhedo (SP) tem 100 dos 128 coletes fora do prazo de validade. O efetivo realizou um protesto na manhã desta sexta-feira (17) em frente à Prefeitura, após se recusar a fazer o patrulhamento na cidade na manhã de quinta-feira (16). Após a ação, a Prefeitura exonerou o secretário Alcides Vendemiatti e o diretor do Departamento de Segurança, Anderson Brito, de seus respectivos cargos.

Guardas de Vinhedo protestam por melhores equipamentos em frente à Prefeitura — Foto: Reprodução/EPTVGuardas de Vinhedo protestam por melhores equipamentos em frente à Prefeitura — Foto: Reprodução/EPTV

Guardas de Vinhedo protestam por melhores equipamentos em frente à Prefeitura — Foto: Reprodução/EPTV

A administração municipal afirma que os 28 coletes que estão dentro do prazo de validade são suficientes para atender 80% do efetivo de guardas por turno de trabalho. Ela conta que abriu licitação para contratar 74 novos coletes e uma empresa deve entregar o equipamento de segurança nos próximos dias.

Somados aos 28 já existentes, a GM terá 102 coletes disponíveis e dentro da norma exigida. Os 26 coletes faltantes, destinados ao efetivo feminino da corporação, vão ser adquiridos em nova licitação porque a empresa contratada anteriormente “não possuía os mesmos para venda”, explica a Prefeitura.

Dos 128 coletes da Guarda de Vinhedo, 100 estão fora do prazo de validade — Foto: Reprodução/EPTVDos 128 coletes da Guarda de Vinhedo, 100 estão fora do prazo de validade — Foto: Reprodução/EPTV

Dos 128 coletes da Guarda de Vinhedo, 100 estão fora do prazo de validade — Foto: Reprodução/EPTV

Novo diretor

Nesta sexta-feira (17), a Prefeitura de Vinhedo comunicou a nomeação do GM Osmir Cruz como diretor de Segurança da cidade. O oficial já é diretor administrativo da Secretaria de Transportes e Defesa Social e, com a decisão, passa a acumular mais este cargo.

A Guarda Municipal reclama também da situação precária das viaturas. Em resposta, a Prefeitura afirma que já solicitou a troca de três veículos que já passaram os 100 mil quilômetros rodados.