Nacional “Ferrugem” discute consequências do compartilhamento de conteúdos íntimos na internet

Nacional “Ferrugem” discute consequências do compartilhamento de conteúdos íntimos na internet

O drama nacional “Ferrugem”, do diretor Aly Muritiba, é uma das estreias desta quinta-feira (30) nos cinemas.

O filme, que conta a história de uma adolescente que tem imagens íntimas vazadas na internet, foi o grande vencedor do Festival de Cinema de Gramado 2018. O longa recebeu os prêmios de desenho de som, roteiro e melhor filme.

Na história, Renet, Renata e Normal são parte de uma família na qual as coisas não são ditas às claras, apenas sugeridas, a maioria das vezes caladas. O assunto sobre o qual não se fala no momento é a partida da mãe, Raquel, deixando o marido David sozinho com as crianças. Os adolescentes estudam no mesmo colégio. Ali o assunto da vez é o vídeo compartilhado entre os alunos via whatsapp em que uma das garotas, Tati, com quem Renet já compartilhava fotos, vídeos e música pelos seus celulares e na última viagem da escola começaram a trocar olhares, aparece nua.

Numa manhã, Tati reaparece na escola e no intervalo vai ao pátio e surpreende a todos. David decide levar os adolescentes para a praia até as coisas de acalmarem. Vão para o litoral e encontram a praia vazia, é baixa temporada. Raquel reaparece, está grávida. Agora a família está reunida outra vez e terá que lidar com os fantasmas do passado e os silêncios do presente.

Em Campinas, sessões no Kinoplex do Parque D. Pedro e Cineflix do Galleria Shopping.

Trailer: