Débora Nascimento assume falta de memória após ser mãe: ‘Cérebro fica diferente’

Débora Nascimento iniciou a preparação paraVerão 90 Graus“, próxima novela das 19h, e entregou que está com dificuldades para decorar textos para o novo o trabalho. “Eu não se vocês sabiam. Eu não sabia e fiquei sabendo. O cérebro da mulher pós-parto é um pouquinho diferente. Ele funciona um pouquinho diferente. Tipo, você fica com probleminha de memória. A cabecinha da mulher fica toda para o bebezinho, para a produção de leite, o organismo fica todo empenhado nisso, na sobrevivência desse ser humano”, contou em seu Stories, nesta terça-feira (28).

Veja também

Atriz cita dificuldade para se preparar para trabalho: ‘Exausta’

Na rede social, a mulher de José Loreto, filmado tocando violão para a filha, disse que está batalhando para conseguir estudar os textos: “A mamãe aqui que está estudando para o personagem novo, apaixonada pela novela nova, está como? Exausta. Porque o cérebro fica ali lutando para decorar, lutando para estudar, mas eu estou amando, então eu não paro. Hoje acordei malhando e também estou na dieta. Resumindo, hoje estou como?”.

Artista quer peso anterior à gravidez para novela: ‘Corpo enxuto’

Após iniciar a educação alimentar, Débora disse que tem intenção de voltar ao peso anterior à gravidez para a sucessora de “O Tempo Não Para”: “Acho bacana dividir que estou me consultando com uma pessoa específica para esse momento do pós-parto. Porque tem o aleitamento materno, então ela cuida de mim, do bebezinho e de todas essas questões. É extremamente importante ter um cuidado redobrado nesse momento em que você está amamentando e querendo voltar ao seu peso anterior. Não é sair cortando, fazendo dieta maluca ou simplesmente comer tudo o que vê pela frente. Por mais que eu tenha uma novela logo em breve e que sim, quero emagrecer e ficar com o corpo mais enxuto para o personagem, eu não posso fazer a louca. É um outro corpo, é uma outra vida, são outras questões que aparecem para resolver… Então, tem que saber lidar com tudo isso. Eu não sei, mas estamos aprendendo. O mais importante é ter a consciência de que tudo que eu faço agora, tudo, tudo influencia a minha filha porque eu amamento e tudo passa para ela”.

(Por Tatiana Mariano)