Evaristo Costa afasta arrependimento por ter saído da Globo: ‘Fiz a coisa certa’

Curtindo férias na Europa, Evaristo Costa respondeu as perguntas dos seguidores no Instagram nesta quarta-feira (11). Quase um ano após sair da Globo, o jornalista garantiu que não se arrepende de ter pedido demissão do trabalho. “De forma alguma. Um ano depois, só a certeza de ter feito a coisa certa e bem planejada”, disse. O ex-apresentador contou também por que não assiste mais ao “Jornal Hoje”, do qual era âncora. “Nunca mais assisti por falta de oportunidade”, falou ele, substituído por Dony De Nuccio. Sem planos de voltar para a emissora carioca, Evaristo esclareceu o motivo de ter deixado de apresentar telejornal: “Parei para descansar do estresse, da rotina, das notícias ruins…”.

Veja também

Jornalista comenta vida de digital influencer

Questionado sobre a vida de digital influencer, Evaristo, que faturou R$ 400 mil com contrato publicitário, respondeu: “Sou grato ao carinho de vocês. Vocês me proporcionaram outra visão da comunicação e me acolheram de braços abertos”. Morando com a família em Londres, na Inglaterra, o jornalista pretende voltar a morar no Brasil. “Um dia”, declarou. Casado há 10 anos com Amalia Candido Stringhini, com quem tem Antonella e Francesca, o ex-apresentador explicou ainda por que publicar fotos com a família: “Por privacidade”. Depois de emprestar sua voz para a animação “Os Incríveis 2”, continuação do sucesso dos estúdios Disney, Evaristo deseja dublar outros filmes. “Se surgir um novo convite. Adorei a experiência”, exclamou.

Evaristo é cotado para apresentar ‘Topa ou Não Topa’

Evaristo pode retornar à televisão ainda este ano. Isso porque o jornalista foi cotado para comandar o game-show “Topa ou Não Topa”, do SBT, que chegou ao Brasil em 2007, com Silvio Santos, e já foi exportado para mais de 40 países. Segundo o “Na Telinha”, a escolha do nome do ex-apresentador – garoto-propaganda de uma das maiores redes de varejo do país –, está sendo encarada como uma estratégia da emissora paulista para conseguir viabilizar o patrocínio master para o programa.

(Por Patrícia Dias)