Mariana Goldfarb lamenta ataques por divergência política: ‘O ódio leva a quê?’

Mariana Goldfarb usou seu Stories para desabafar após se deparar com diversos comentários negativos em recente publicação feminista feita em sua rede social. “Então, quero dividir com vocês uma coisa que aconteceu comigo. Hoje, pela manhã, fui abrir o Instagram e vi um monte de comentário cheio de raiva, de ódio e insulto. Fiquei triste. O problema não é discordar e, sim, os insultos. Vocês não entendem que o nosso maior problema é a raiva que a gente sente um do outro a toa? Quando eu postei aquela frase, não estava pensando na política numa maneira tão pequena. Estava pensando numa coisa muito maior, exatamente isso, nessa raiva. Por que ao invés da gente se unir, a gente quer se odiar? Me explica! Por favor, sério! Qual o sentido disso? O ódio leva a quê?”, indagou a ex-namorada do ator Cauã Reymond.

Mariana aponta pontos negativos no Instagram: ‘Fofoca, alimentar brigas e violência’

Em seguida, a modelo, que já adoeceu devido críticas, apontou os prós e contras da rede social: “A impressão que eu tenho, é que as pessoas ficam buscando coisas para brigar, mas não precisa. Não estou falando de política, tá? Eu não to aqui para obrigar ninguém a pensar como eu penso, e nem quero pensar no jeito que você pensa. Isso não existe! Eu acho que esse Instagram serve para um bando de coisas ruins como cuidar da vida dos outros, fazer fofoca, alimentar briga, violência, mas também acredito que, através dele, a gente também tem uma ferramenta muito poderosa nas nossas mãos, que é levar palavras de amor para outras pessoas e acabar com isso”.

‘O lado do amor é bom’, conclui Goldfarb

Por fim, a apresentadora do canal “OFF” – agora livre das intervenções estéticas – concluiu os vídeos fazendo um pedido de paz. “Agora voltando, só dando um exemplo: Não adianta entrar presidente x,y, z, se esse sentimento de ódio a gente carrega na gente. Não adianta nada! Só para acabar com esse assunto. Eu queria dizer que eu estou do mesmo lado que você, se o seu lado for o do amor e do bem. Se não, vem pro lado de cá que é bom. O lado do amor é bom”. Ainda nesta segunda-feira (8), Bruna Marquezine foi chamada de “mimada” e rebateu críticas após post ironizando o resultado das urnas da eleição.