Simaria aparece com a filha, Giovanna, em foto nas Maldivas: ‘Minha princesinha’

Cantora refletiu sobre férias: ‘Foi como um remédio para a minha saúde’

Durante sua estadia nas Maldivas, onde passou momentos românticos com o marido, Simaria aproveitou a oportunidade para refletir sobre o tempo livre e a necessidade de descansar entre os períodos de trabalhos. “Às vezes é preciso parar! Parar para se cuidar e refletir. Olhar com a razão e não com o coração. Sempre me entreguei a tudo que faço, doando o máximo de mim e, muitas vezes, cheguei a esquecer que aqui existia uma pessoa que precisava olhar para si mesma e se colocar em primeiro lugar. Foi preciso ficar doente para entender isso mas, hoje, estou aqui para agradecer a Deus por cada coisa que ele concede em minha vida. Agradeço a ele por nunca, nunca, me deixar só. Por sempre cuidar de mim e de todas as pessoas que eu amo”, disse a sertaneja. “Esses dias aqui em Maldivas foi como um remédio para a minha saúde e minha alma. Há anos que não conseguia ficar grudada com a minha família, eu só trabalhei. Sabe, a frase que a gente mais escuta é ‘aproveite esse momento da carreira de vocês’ e, com isso, acabamos esquecendo que a vida é muito mais simples do que se pode imaginar. Esse tempo foi sagrado para mim. Nunca esquecerei de tudo que passei e de tudo que aprendi. Obrigada, senhor, pela família mágica que construí. Obrigada, senhor, por ser tão maravilhoso comigo. Eu te amo, Deus!”, completou a artista.

Sem Simaria em shows, Simone mostra ansiedade para retorno da irmã

Simone admitiu cansaço por manter agenda de shows durante a ausência de Simaria. “Estou orando muito pra esse mês acabar logo, em nome de Jesus, porque eu quero que mina vida volte ao normal. Três meses trabalhando sozinha é difícil. Olha, não dá mais. Obrigada, Jesus, por tudo que o senhor me proporcionou até agora me deu força e sabedoria, mas eu prefiro que o Senhor apresse os dias e coloque tudo novamente no lugar”, disse. “É bom demais ter uma parceira cantando com a gente, a gente dá risada toda hora. A gente já passa tempo na estrada longe da família. Aí quando a gente tem o irmão do lado, aí é bom, porque ameniza a saudade de casa. Ajuda bastante.”

(Por Carol Borges)