Marcos foi notificado de ação por danos morais antes de expulsão do “BBB 17”

Antes de ser expulso do “Big Brother Brasil 17”, o médico Marcos Harter já havia sido notificado judicialmente dentro do confinamento. Uma antiga colega de trabalho, Elaine Cristina Minatti, o processou por danos morais.

Elaine trabalhou em um hospital onde Marcos atuou, em Diadema (SP). Ela pede uma indenização de R$ 50 mil devido ao médico ter, supostamente, compartilhado fotos dela em seu perfil no Facebook.

Sem entrar em muitos detalhes, a advogada de Elaine, Patricia Zaparoli, explicou a ação em entrevista ao site do jornal Extra. “Foi exposição na mídia. Ela era uma funcionária de um hospital onde ele trabalhava e Marcos postou fotos dela no Facebook dele”, disse.

O processo foi aberto em 2013, no entanto, Marcos não havia sido encontrado pela justiça para ser informado da ação, devido a mudanças de endereço. A notificação só ocorreu enquanto ele estava confinado no “BBB 17”. Um oficial foi à casa para solicitar que ele assinasse o mandado de citação, uma espécie de comunicado formal sobre a ciência do caso.

Veja, abaixo, imagens da ação judicial:

processo 01

processo 02

A advogada Patricia Zaparoli acredita que Marcos também tenha sido expulso devido à ação judicial em questão. “Não posso dar detalhes do caso porque pedi segredo de Justiça nesse processo depois que ele entrou no programa. Dei o endereço do BBB no Projac para a Justiça porque ele estava confinado. Para mim, ele foi expulso pela agressão e por esse processo também”, afirmou, ao jornal Extra.

Marcos foi expulso do “BBB 17” na última segunda-feira (10). A decisão foi tomada após a Polícia Civil do Rio de Janeiro ter aberto um inquérito para investigar lesão corporal durante uma discussão com Emilly Araújo.

De acordo com o apresentador Tiago Leifert, ficaram comprovados indícios de agressão física após a investigação da polícia. “No BBB, agressão gera expulsão. A decisão está tomada: o Marcos está eliminado do BBB 17”, afirmou.

Marcos foi denunciado na na Delegacia da Mulher de Jacarepaguá, no Rio de Janeiro, após uma discussão que ele e Emilly tiveram durante e após uma festa, entre sábado (8) e domingo (9), no “BBB 17”. O médico a agarrou e a encurralou durante uma parte da discussão. Em determinado momento, a moça chega a dizer: “você me beliscou de novo, apertou meu pulso, está doendo”.

Agora chegou a sua vez de escolher quem deve vencer o programa.

Enquete da Final do Big Brother Brasil 2017

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...