Home Entretenimento Curiosidades “Meu parceiro pensa que pode me curar.”

“Meu parceiro pensa que pode me curar.”

4 min read
Comentários desativados em “Meu parceiro pensa que pode me curar.”
0
5

Meu parceiro me envolveu em seus braços e sussurrou: “Tente ser feliz”. Eu, que estava afundada em um episódio depressivo, de repente não estava apenas triste. Eu estava furiosa.

Por Kyrie Gray para o Medium

Meu parceiro me envolveu em seus braços e sussurrou: “Tente ser feliz”. Eu, que estava afundada em um episódio depressivo, de repente não estava apenas triste. Eu estava furiosa. Eu não tenho tido muitos relacionamentos de longo prazo. Como resultado, nunca tive realmente que mostrar esse meu lado para ninguém. Manter uma natureza mais inteligente é fácil quando, no final do dia, você pode voltar para o seu próprio apartamento.

Ter trabalho ou alguma outra desculpa vaga me permitiu esconder qualquer evidência visível de depressão. Eu sei como lidar com meus problemas. Eu não preciso de medicação (ainda). Quando estou em casa, chorar não é incomum se estou me sentindo muito mal. Meu namorado me diz: “Eu sinto que é algo que eu fiz”.

E peço desculpas, mas digo (de novo) que ele não é o problema. Mas de tanto insistir, ele vira uma problema. Como quando pensa que sua presença é suficiente para me livrar de uma depressão. Em última análise, é meu trabalho ensiná-lo sobre gatilhos emocionais e como tudo isso funciona. Nossos parceiros não são leitores de mentes. Boa comunicação e educação são cruciais para ajudar uma pessoa não deprimida a entender o que você está passando.

E, mais importante, o que você precisa. O que eu tenho que ser cauteloso é o problema dos óculos borrados. Ele gosta de pensar em mim como a pessoa alegre e feliz que eu era quando começamos a namorar. Claro, eu posso ser essa pessoa. No entanto, isso não é o meu todo. Quanto mais tempo passarmos juntos, mais ele verá como sou diversa, e então ele poderá decidir se quer estar com alguém com essa falha em particular.

Ou posso decidir se ele é o parceiro de apoio de que preciso. A doença mental é como um elefante triste na sala. Você vai querer ignorar isso. Mas não dá. Você fala sobre isso. Porque há espaço para um elefante triste e amor em sua vida, apesar de serem duas coisas grandes.

Via Psicologias do Brasil

Fonte: CONTI outra

Load More Related Articles
Load More By redação
Load More In Curiosidades
Comments are closed.

Check Also

Nova arte de Vingadores: Ultimato revela Hulkbuster

Dessa vez o spoiler não foi do Mark Ruffalo. Enquanto a estreia mundial de Vingadores…