Ceasa Campinas e USF criam curso de formação de cozinheiro e alimentação sustentável

Ceasa Campinas e USF criam curso de formação de cozinheiro e alimentação sustentável

A Ceasa Campinas e a Universidade São Francisco (USF) firmaram uma parceria inédita para a criação de um curso de formação de cozinheiro e alimentação sustentável, com uso integral dos alimentos, voltado às famílias atendidas pelo Instituto de Solidariedade para Programas de Alimentação (ISA), dentro do entreposto campineiro. Com a presença de várias autoridades, o projeto “Cozinha Ceasa/USF – Alimentação Sustentável ISA” foi lançado nesta terça-feira (24), juntamente com a inauguração da cozinha-escola onde serão realizadas as aulas.

A iniciativa pioneira visa estimular a alimentação sustentável e o combate ao desperdício de alimentos, bem como capacitar jovens e adultos em técnicas básicas de gastronomia e higiene na cozinha. As aulas serão gravadas e, numa segunda etapa, os vídeos serão reproduzidos nos bairros atendidos pelo ISA, em um ônibus adaptado exclusivamente para atender o projeto, ampliando o alcance da iniciativa e multiplicando o número de pessoas que receberão orientações.

Nos próximos meses de maio de junho, estão previstas duas aulas-show, com a presença dos professores da USF, dos alunos inscritos no projeto e de comerciantes do Mercado de Hortifrútis da Ceasa.

No total, 30 pessoas serão selecionadas para o curso, que começará em agosto e terá a duração de um semestre. Ao final, os participantes receberão um certificado reconhecido pela USF e pelo Ministério da Educação, que qualificará o aluno a atuar no mercado de trabalho como cozinheiro.

A primeira turma de alunas será formada por jovens atendidos pelo Instituto Padre Haroldo e Grupo Primavera. As duas entidades recebem alimentos doados pelo ISA,uma ONG criada há 33 anos pelos comerciantes da Ceasa Campinas que recolhe diariamente o excedente de hortifrútis não comercializado no entreposto, faz a triagem e higienização dos produtos e os distribui a cerca de 31 mil pessoas em vulnerabilidade social.

O projeto “Cozinha Ceasa/USF” se vale de conceitos do Movimento da Gastronomia Social, que enxerga a gastronomia como agente de transformação social e acontece no Brasil – com o projeto Gastromotiva, entre outros -, e em vários outros países, sob a liderança de instituições e grandes chefs.

Parceria

A USF é responsável pela cessão dos professores e alunos dos cursos de Nutrição e de Tecnologia em Gastronomia do Campus Campinas, bem como pela parte pedagógica e elaboração de aulas, receitas e calendário de atividades. Já o ISA ficará responsável pelo cadastro e seleção dos participantes do curso.

Fonte: com informações da assessoria de imprensa

Rodovia Dom Pedro I, Km 140,5 – Jardim Santa Mônica

Fechado