Connect with us
Tesla é inocentada em julgamento por acidente fatal envolvendo Autopilot Tesla é inocentada em julgamento por acidente fatal envolvendo Autopilot

Computadores e aparelhos eletrônicos

Tesla é inocentada em julgamento por acidente fatal envolvendo Autopilot

Artigo

em

Uma jurada da Califórnia decidiu que a Tesla não teve culpa em um acidente fatal de 2019 que supostamente envolveu seu sistema Autopilot, no primeiro julgamento nos EUA para um caso alegando que seu software causou diretamente uma morte.

O Acidente

De acordo com o processo, Micah Lee, de 37 anos, dirigia seu Tesla Model 3 em uma rodovia fora de Los Angeles a 65 milhas por hora quando o veículo saiu repentinamente da estrada e bateu violentamente em uma palmeira antes de pegar fogo. Lee morreu no acidente.

PUBLICIDADE

A empresa foi processada em US$ 400 milhões mais danos punitivos pelo patrimônio de Lee e pelas duas vítimas sobreviventes, incluindo um menino que tinha 8 anos na época e foi despedaçado no acidente, de acordo com um relatório anterior da Reuters.

A Acusação

Os advogados dos demandantes argumentaram que a Tesla vendeu a Lee um software defeituoso e “experimental” quando ele comprou um Model 3 em 2019 que foi anunciado como tendo capacidade de direção autônoma completa (FSD). O sistema FSD estava e ainda está em beta.

PUBLICIDADE

Jonathan Michaels, advogado dos demandantes, também afirmou que o “comando de direção excessivo é um problema conhecido na Tesla.”

A Defesa da Tesla

A defesa da Tesla argumentou que não havia tal defeito, e que uma análise citada pelos advogados dos demandantes identificando um problema de direção estava realmente buscando por problemas teoricamente possíveis. Uma solução para evitar que isso acontecesse foi desenvolvida como resultado dessa análise, de acordo com a empresa.

PUBLICIDADE

A Tesla culpou o erro humano pelo acidente, apontando para testes que mostraram que Lee tinha consumido álcool antes de entrar no carro, e argumentou que não há certeza de que o Autopilot estava em uso no momento.

Veredicto do Júri

O júri finalmente decidiu que não havia defeito, e a Tesla foi inocentada na terça-feira. A Tesla enfrentou processos judiciais por seu sistema Autopilot no passado, mas este é o primeiro que envolve uma fatalidade.

PUBLICIDADE

Próximos Passos

A empresa tem várias outras ações judiciais programadas para os próximos meses, e a decisão de hoje provavelmente definirá o tom para as que estão por vir.

> ‘A Tesla enfrentou processos judiciais por seu sistema Autopilot no passado, mas este é o primeiro que envolve uma fatalidade.’

PUBLICIDADE

A Tesla sempre focou na segurança de seus veículos e sistemas, e continuará a fazer melhorias em seu software para evitar futuros acidentes.

A decisão do júri neste caso é um grande passo para a Tesla, pois poderia ter impactos significativos em futuros casos envolvendo o sistema Autopilot.

PUBLICIDADE

Esta decisão pode também afetar a percepção do público sobre a segurança dos veículos autônomos e a confiabilidade dos sistemas Autopilot.

No entanto, é importante lembrar que a responsabilidade pela segurança ao dirigir ainda recai sobre o motorista, mesmo com o uso de sistemas de direção autônoma.

PUBLICIDADE

Os motoristas devem sempre permanecer atentos e prontos para assumir o controle do veículo a qualquer momento.

“`python
print(‘A responsabilidade pela segurança ao dirigir ainda recai sobre o motorista, mesmo com o uso de sistemas de direção autônoma.’)
“`

PUBLICIDADE

Conclusão

A Tesla tem trabalhado incansavelmente para melhorar seu sistema Autopilot e garantir a segurança dos motoristas. Este veredicto é uma validação de seus esforços e um sinal positivo para o futuro dos veículos autônomos.

No entanto, ainda há um longo caminho a percorrer e muitas lições a serem aprendidas. A segurança deve sempre ser a prioridade número um, e todos os motoristas devem lembrar que, mesmo com sistemas avançados como o Autopilot, eles ainda têm a responsabilidade final pela segurança de seu veículo.

PUBLICIDADE

A Tesla continuará a enfrentar desafios à medida que avança com seus sistemas de direção autônoma, mas esta decisão é um passo importante na direção certa.

Para informações adicionais, acesse o site

PUBLICIDADE
‘Este conteúdo foi gerado automaticamente a partir do conteúdo original. Devido às nuances da tradução automática, podem existir pequenas diferenças’.

Jornalista e editora do NHTV, um espaço onde trago as principais notícias do Brasil e do mundo. Minha paixão pelo jornalismo me motivou a criar este site, com o objetivo de oferecer informações precisas e imparciais sobre uma variedade de tópicos. Acredito no poder do jornalismo para informar, inspirar e capacitar as pessoas a compreenderem melhor nosso mundo em constante mudança. Agradeço por nos acompanhar e estou aqui para fornecer notícias confiáveis e relevantes.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE