Connect with us
A Comunidade Pocotó e a Incerteza do Futuro - Uma Análise Profunda A Comunidade Pocotó e a Incerteza do Futuro - Uma Análise Profunda

Notícias

A Comunidade Pocotó e a Incerteza do Futuro – Uma Análise Profunda

Artigo

em

As Origens da Comunidade Pocotó

A comunidade do Pocotó, situada em construções irregulares e invasões há quase duas décadas, acima e nos arredores do Túnel Augusto Lucena, em Boa Viagem, na Zona Sul do Recife, tem sido alvo de ações inesperadas por parte da Guarda Municipal da capital. No dia 30 do mês passado, a comunidade se viu surpreendida quando policiais apresentaram notificação e derrubaram dois barracos e outro parcialmente.

A Reação da Comunidade

A população, em protesto, paralisou parte da Avenida Ernesto Paula Santos. A movimentação culminou em um conflito entre moradores e policiais. O temor é que a situação se repita como em 2018, quando várias construções irregulares foram derrubadas pelo poder público, resultando em despejos em sequência.

PUBLICIDADE

> ‘As enchentes no local são constantes, assim como as infiltrações no viaduto. No entanto, as casas que foram destruídas na última semana não estavam em cima do viaduto e não eram novas. Após a última enchente, os moradores estavam recuperando seus barracos quando o policiamento chegou e de forma truculenta derrubou os barracos’, contou Aline Maciel, advogada da associação dos moradores.

O Impacto na Vida dos Moradores

Um dos exemplos de impacto nas vidas dos moradores é o caso de Rosilânia Maria da Silva, de 26 anos, que foi uma das atingidas pela ação. Ela está grávida e tem duas filhas, uma de dez e outra de cinco anos. Moradora da região há mais de cinco anos, Rosilânia sofre frequentemente com as enchentes, mas desta vez perdeu tudo o que tinha.

PUBLICIDADE

> ‘Estamos cadastrados no Projeto Pro Morar mas até agora não sabemos como será a mudança dos moradores, nem se vamos receber auxílio moradia’, afirmou a líder comunitária Luciana Maria Barbosa, de 31 anos.

A Postura da Prefeitura do Recife

A Prefeitura do Recife, por meio da assessoria, comunicou que está atenta à situação social e estrutural envolvidas no túnel Augusto Lucena. O órgão planeja a retirada gradual das edificações irregulares localizadas em cima do viaduto com o objetivo de preservar vidas, eliminar o excesso de peso sob a estrutura e conservar toda a construção existente para preservar a mobilidade na Zona Sul.

PUBLICIDADE

> ‘A desocupação é necessária tendo em vista os resultados apontados no laudo técnico, elaborado por um engenheiro calculista. O documento, contudo, não aponta risco iminente de desabamento, mas a necessidade de retirada das moradias irregulares para preservar a construção, bem como para fazer a plena recuperação da estrutura, medida periódica necessária em quaisquer obras de engenharia públicas ou privadas’, completou a nota.

A Busca por Soluções

A advogada da associação dos moradores concorda com o risco do viaduto, mas reivindica uma solução para a melhoria de vida da comunidade Pocotó. Aline Maciel destaca que, apesar do aparente risco de nível 2 no viaduto, ainda não há um laudo conclusivo.

PUBLICIDADE

> ‘Sabemos que os moradores precisam sair e eles querem sair. Mas para haver a desocupação é preciso ter condições de moradia digna, auxílio moradia, indenização aos moradores que tiveram suas casas destruídas e que as pessoas cadastradas no Projeto Pro Morar sejam atendidas o mais rápido possível’, concluiu Aline Maciel.

Conclusão

Diante de todo o exposto, fica evidente que a situação da comunidade Pocotó é complexa e requer uma abordagem cuidadosa. As autoridades devem levar em consideração não apenas os aspectos técnicos e estruturais, mas também os impactos sociais que suas ações podem ter na vida dos moradores. Enquanto isso, a comunidade espera ansiosamente por soluções que garantam sua segurança e dignidade.

PUBLICIDADE

Para informações adicionais, acesse o site

‘Este conteúdo foi gerado automaticamente a partir do conteúdo original. Devido às nuances da tradução automática, podem existir pequenas diferenças’.
PUBLICIDADE

Jornalista e editora do NHTV, um espaço onde trago as principais notícias do Brasil e do mundo. Minha paixão pelo jornalismo me motivou a criar este site, com o objetivo de oferecer informações precisas e imparciais sobre uma variedade de tópicos. Acredito no poder do jornalismo para informar, inspirar e capacitar as pessoas a compreenderem melhor nosso mundo em constante mudança. Agradeço por nos acompanhar e estou aqui para fornecer notícias confiáveis e relevantes.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE