Connect with us
Desenvolvimento de Infraestrutura Rodoviária no Mato Grosso Desenvolvimento de Infraestrutura Rodoviária no Mato Grosso

Notícias

Desenvolvimento de Infraestrutura Rodoviária no Mato Grosso

Artigo

em

A infraestrutura rodoviária tem sido o foco de muitos governos locais no Brasil, especialmente no estado de Mato Grosso, onde tem sido feito um esforço notável para melhorar a conectividade rodoviária.

Avanços Recentes na Infraestrutura Rodoviária

Em Mato Grosso, vários municípios passaram a contar com rodovias asfaltadas recentemente. Entre eles estão:

PUBLICIDADE

– Tesouro, que ganhou asfalto com a pavimentação da MT-100, conectando a cidade a Guiratinga.
– Novo São Joaquim e Campinápolis, que agora têm uma ligação com Nova Xavantina, graças a um trecho de 51 km da MT-110 entregue em 2021.
– Cocalinho, que agora tem uma via asfaltada graças à obra na MT-326, que incluiu a construção de uma ponte sobre o Rio das Mortes, eliminando uma balsa no trajeto.

Segundo Marcelo de Oliveira, Secretário de Infraestrutura e Logística, ‘Mato Grosso tem a maior malha rodoviária estadual do país e precisa investir em infraestrutura. Levar asfalto para os municípios é garantir dignidade para todos os cidadãos que precisam utilizar as estradas’.

PUBLICIDADE

A imagem abaixo mostra a Ponte sobre o Rio das Mortes, que eliminou a necessidade da travessia de balsa.

Obras em Andamento

Atualmente, a Sinfra está trabalhando para garantir que mais oito municípios tenham estradas asfaltadas. Entre eles estão:

PUBLICIDADE

– Aripuanã, Colniza, Cotriguaçu e Juruena, que terão uma rodovia pavimentada com as obras na MT-170.
– Apiacás, onde a Sinfra está asfaltando a MT-206 em direção a Paranaita.
– Gaúcha do Norte e Paranatinga, onde a viagem já está mais rápida com a entrega do primeiro lote de 39 km da rodovia.

A imagem abaixo mostra o primeiro lote da MT-129, entre Paranatinga e Gaúcha do Norte, que já foi concluído.

PUBLICIDADE

Os Municípios que Faltam

No total, 12 municípios dependem de obras do Governo Federal para estarem completamente integrados por uma via asfaltada ao restante da malha estadual. Dentre estes, a BR-158, no contorno da reserva indígena Maraiwatsede, garantirá uma ligação direta para Alto Boa Vista e Serra Nova Dourada.

Além desses, dependem do asfalto os municípios que estão acima do trecho sem asfalto: Canabrava do Norte, Confresa, Luciara, Novo Santo Antonio, Porto Alegre do Norte, Santa Cruz do Xingu, Santa Terezinha, São Felix do Araguaia, São Jose do Xingu e Vila Rica.

PUBLICIDADE

A atual gestão asfaltou 50 km da MT-322 para garantir um acesso entre este município e Serra Nova Dourada. Já São José do Xingu tem obras em, aproximadamente, 65 km das MTs 322 e 430 para garantir a chegada até a BR-158.

A infraestrutura rodoviária tem um papel crucial no desenvolvimento de qualquer região, e é encorajador ver o progresso que está sendo feito no Mato Grosso. Certamente, essas melhorias na infraestrutura rodoviária trarão benefícios significativos para os residentes desses municípios e para a economia local.

PUBLICIDADE

Para informações adicionais, acesse o site

‘Este conteúdo foi gerado automaticamente a partir do conteúdo original. Devido às nuances da tradução automática, podem existir pequenas diferenças’.
PUBLICIDADE

Jornalista e editora do NHTV, um espaço onde trago as principais notícias do Brasil e do mundo. Minha paixão pelo jornalismo me motivou a criar este site, com o objetivo de oferecer informações precisas e imparciais sobre uma variedade de tópicos. Acredito no poder do jornalismo para informar, inspirar e capacitar as pessoas a compreenderem melhor nosso mundo em constante mudança. Agradeço por nos acompanhar e estou aqui para fornecer notícias confiáveis e relevantes.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE