Connect with us
Dia Mundial da Adoção - O Direito à Convivência Familiar Dia Mundial da Adoção - O Direito à Convivência Familiar

Notícias

Dia Mundial da Adoção – O Direito à Convivência Familiar

Artigo

em

A adoção é um processo complexo e multifacetado que envolve muitos atores, incluindo a família adotiva, a criança ou adolescente a ser adotado, os profissionais do direito e os órgãos governamentais. No Brasil, a garantia do direito à convivência familiar tem sido uma prioridade nos últimos anos, com várias iniciativas sendo tomadas para facilitar o processo de adoção e garantir que as crianças e adolescentes tenham a oportunidade de crescer em um ambiente familiar seguro e amoroso.

A Importância da Adoção

A adoção desempenha um papel crucial na sociedade brasileira. Segundo dados do Sistema Nacional de Adoção, atualmente existem centenas de processos de adoção em andamento no país, com a maioria deles durando mais de 240 dias.

PUBLICIDADE

A adoção oferece a essas crianças e adolescentes a oportunidade de crescer em um ambiente familiar estável, algo que todos os indivíduos jovens merecem. Além disso, a adoção pode trazer imensas alegrias para as famílias adotivas, criando laços de amor e afeto que duram a vida toda.

O Dia Mundial da Adoção

A adoção é tão importante que existe um dia dedicado a ela. O Dia Mundial da Adoção é comemorado em 9 de novembro. A data foi criada para celebrar a adoção, aumentar a conscientização sobre o assunto e homenagear as famílias que optaram por expandir suas famílias por meio da adoção.

PUBLICIDADE

No Brasil, o Dia Mundial da Adoção é comemorado com diversas atividades, incluindo campanhas de conscientização, eventos comunitários e ações de incentivo à adoção.

Ações de Priorização da Adoção

No Brasil, várias ações têm sido implementadas para priorizar o julgamento de processos de adoção. Um exemplo é a criação do ‘Mês da Adoção’, uma iniciativa coordenada pela Corregedoria Geral da Justiça que tem como objetivo acelerar os processos de adoção em andamento.

PUBLICIDADE

A ação, que acontece em diversas comarcas do país, busca julgar os processos de perda do poder familiar, tornando as crianças e adolescentes disponíveis para adoção. A ideia é garantir o direito à convivência familiar dos adotandos, seja permanecendo na família de origem ou por meio da família substituta.

O papel da Comissão Estadual Judiciária de Adoção

A Comissão Estadual Judiciária de Adoção (CEJA) desempenha um papel fundamental no processo de adoção no Brasil. Sua missão é garantir que os processos de adoção sejam conduzidos de maneira justa e eficiente, sempre com o melhor interesse da criança ou adolescente em mente.

PUBLICIDADE

Em junho de 2023, a CEJA realizou uma análise do número de processos de adoção julgados no país. Os dados mostraram uma redução de 11% no número de processos julgados em comparação com o total geral do estado, indicando progressos na agilização dos processos de adoção.

Conclusão

A adoção é uma questão de grande importância no Brasil, afetando a vida de milhares de crianças e adolescentes, bem como as das famílias que optam por adotar. Com ações como o ‘Mês da Adoção’ e a atuação da CEJA, o país está trabalhando para garantir que o direito à convivência familiar seja uma realidade para todos.

PUBLICIDADE

*Texto: Assessoria de Comunicação
Corregedoria Geral da Justiça*

Galeria de Fotos

Para informações adicionais, acesse o site

PUBLICIDADE
‘Este conteúdo foi gerado automaticamente a partir do conteúdo original. Devido às nuances da tradução automática, podem existir pequenas diferenças’.

Jornalista e editora do NHTV, um espaço onde trago as principais notícias do Brasil e do mundo. Minha paixão pelo jornalismo me motivou a criar este site, com o objetivo de oferecer informações precisas e imparciais sobre uma variedade de tópicos. Acredito no poder do jornalismo para informar, inspirar e capacitar as pessoas a compreenderem melhor nosso mundo em constante mudança. Agradeço por nos acompanhar e estou aqui para fornecer notícias confiáveis e relevantes.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE