Connect with us
Guarda Municipal de Curitiba envolvido em fatalidade em Casa de Passagem Guarda Municipal de Curitiba envolvido em fatalidade em Casa de Passagem

Notícias

Guarda Municipal de Curitiba envolvido em fatalidade em Casa de Passagem

Artigo

em

Um agente da Guarda Municipal (GM) de Curitiba foi envolvido em um incidente fatal na Casa de Passagem Rebouças, um centro de acolhimento para pessoas em situação de vulnerabilidade social. O agente, cuja identidade não foi revelada, foi ouvido pela polícia e liberado após a ocorrência.

O Incidente

Segundo testemunhas, a fatalidade ocorreu na manhã de uma terça-feira. Joares da Silva, de 29 anos, que estava sendo acolhido na casa, se envolveu em uma discussão com outras pessoas presentes no local. O guarda, que já havia encerrado seu turno de trabalho, foi chamado para intervir.

PUBLICIDADE

A discussão escalou, e acabou levando a um confronto físico entre Joares e o guarda. Testemunhas relataram ter ouvido ameaças de morte antes de um disparo ser efetuado.

> “Eu ouvi a briga por volta das 6 horas da manhã e escutei alguém gritando: ‘Eu vou matar, eu te mato’. De repente, ouvi o tiro e pensei que fosse alguma bombinha ou algo parecido, mas, quando olhei pela janela, vi uma pessoa correndo e o guarda apavorado”, narrou uma moradora da região que não quis se identificar.

PUBLICIDADE

Joares foi morto no local. A polícia foi acionada e o agente da GM foi levado para a Central de Flagrantes da Polícia Civil em Curitiba para ser ouvido.

A Guarda Municipal e a Casa de Passagem

A Casa de Passagem Rebouças é um dos muitos centros de acolhimento em Curitiba para pessoas em situação de vulnerabilidade social. A Guarda Municipal de Curitiba, por sua vez, é uma força de segurança municipal que trabalha para manter a ordem na cidade.

PUBLICIDADE

A GM explicou que o servidor estava realizando a troca de turno quando foi solicitado pelos colegas para ajudar a controlar a confusão que se formou na casa. Durante a intervenção, Joares teria agredido o guarda, levando-o a empregar a força e a realizar um disparo de arma de fogo.

Repercussões e Investigação do Caso

O caso causou comoção na comunidade e levantou questões sobre a atuação da Guarda Municipal e a segurança nas casas de passagem. O caso será investigado pela Corregedoria da Guarda Municipal.

PUBLICIDADE

A GM afirmou que o procedimento será encaminhado ao 2.° Distrito da Polícia Civil do Paraná (PCPR) na capital para dar prosseguimento nas investigações.

Conclusão

A morte de Joares da Silva em uma casa de passagem de Curitiba levanta questões importantes sobre a segurança e o tratamento de pessoas em situação de vulnerabilidade social. A investigação do caso deve trazer mais luz sobre o que aconteceu e como evitar que tragédias semelhantes ocorram no futuro.

PUBLICIDADE

Para informações adicionais, acesse o site

‘Este conteúdo foi gerado automaticamente a partir do conteúdo original. Devido às nuances da tradução automática, podem existir pequenas diferenças’.
PUBLICIDADE

Jornalista e editora do NHTV, um espaço onde trago as principais notícias do Brasil e do mundo. Minha paixão pelo jornalismo me motivou a criar este site, com o objetivo de oferecer informações precisas e imparciais sobre uma variedade de tópicos. Acredito no poder do jornalismo para informar, inspirar e capacitar as pessoas a compreenderem melhor nosso mundo em constante mudança. Agradeço por nos acompanhar e estou aqui para fornecer notícias confiáveis e relevantes.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE