Connect with us
Jovem é detido suspeito de matar morador de rua a pedradas em Cascavel - análise de um caso perturbador Jovem é detido suspeito de matar morador de rua a pedradas em Cascavel - análise de um caso perturbador

Notícias

Jovem é detido suspeito de matar morador de rua a pedradas em Cascavel – análise de um caso perturbador

Artigo

em

Introdução

Cascavel, uma cidade situada no oeste do Paraná, foi palco de uma história chocante que envolveu um jovem de 25 anos e um homem em situação de rua. Esta é a história de Elizeu Caliari, um homem de 50 anos que encontrou seu fim de maneira brutal.

O Encontro do Corpo

Na tarde de uma quinta-feira, crianças brincando ao lado de um salão comunitário no Bairro Santa Felicidade fizeram uma descoberta terrível. Eles encontraram o corpo de Elizeu Caliari, que havia sido brutalmente agredido.

PUBLICIDADE

`Código de localização da cena do crime: LAT -25.4204, LONG -49.2733`

A Detenção do Suspeito

O suposto autor do crime, um jovem de 25 anos, foi detido após confessar o assassinato. Segundo a Polícia Civil, o jovem usou pedaços de madeira para agredir a vítima e depois matou o homem com uma pedra que pesava mais de sete quilos.

PUBLICIDADE

O Motivo do Crime

Segundo o delegado Fabiano Mozza, o jovem confessou o crime e alegou que o ataque foi motivado por um desentendimento entre os dois. O acusado alegou que Elizeu teria lhe desferido um tapa no rosto e lhe insultado.

A Execução do Crime

O jovem, sabendo que Elizeu dormia na região, esperou até que ele adormecesse. Ele então retornou na madrugada e executou o crime, matando Elizeu com a pedra de 7kg.

PUBLICIDADE

> ‘Ele confessou o crime, relatou que o autor teria desferido um tapa em seu rosto e lhe xingado. Ele sabia que o autor era morador de rua e dormia ali. Ele esperou o autor dormir, voltou na madrugada de quarta para quinta e matou o autor com essa pedra de 7 kg’, afirmou o delegado.

A Crueldade do Crime

O delegado também revelou detalhes chocantes sobre a crueldade com a qual o crime foi executado.

PUBLICIDADE

> ‘Falou com requinte de crueldade, com detalhe, que colocou até uma manta na cabeça para não expirar sangue nele porque o autor já estava desacordado e efetuou três golpes (com a pedra)’, disse o delegado.

A Situação do Suspeito

A Polícia Civil afirmou que o suspeito pelo crime passou por audiência de custódia nesta sexta-feira (8) e permanece preso.

PUBLICIDADE

Aumento da Violência em Cascavel

Com o crime, Cascavel chega a 43 homicídios e dois feminicídios apenas em 2023.

1. Fevereiro: 12 homicídios
2. Março: 10 homicídios
3. Abril: 8 homicídios
4. Maio: 7 homicídios
5. Junho: 6 homicídios

PUBLICIDADE

Reflexões Finais

Este incidente chocante serve como um lembrete brutal da violência que ainda aflige muitas partes do Brasil, mesmo em nossas cidades mais desenvolvidas. É um apelo à ação para fazermos mais para proteger os mais vulneráveis em nossa sociedade.

Links Úteis

Mais notícias da região
Participe da comunidade do G1 Paraná no WhatsApp
Participe da comunidade do G1 Paraná no Telegram

PUBLICIDADE

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!

Para informações adicionais, acesse o site

PUBLICIDADE
‘Este conteúdo foi gerado automaticamente a partir do conteúdo original. Devido às nuances da tradução automática, podem existir pequenas diferenças’.

Jornalista e editora do NHTV, um espaço onde trago as principais notícias do Brasil e do mundo. Minha paixão pelo jornalismo me motivou a criar este site, com o objetivo de oferecer informações precisas e imparciais sobre uma variedade de tópicos. Acredito no poder do jornalismo para informar, inspirar e capacitar as pessoas a compreenderem melhor nosso mundo em constante mudança. Agradeço por nos acompanhar e estou aqui para fornecer notícias confiáveis e relevantes.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE