Connect with us
Operação do Ministério Público mira empresa de software em licitação governamental Operação do Ministério Público mira empresa de software em licitação governamental

Notícias

Operação do Ministério Público mira empresa de software em licitação governamental

Artigo

em

Introdução

O Ministério Público (MP) do Rio Grande do Sul lançou uma operação na terça-feira, 07 de novembro, que teve como alvo uma empresa de desenvolvimento de software. Esta empresa participou de uma licitação na gestão do ex-prefeito Ico Charopen (PDT) na Prefeitura de Sant’Ana do Livramento, no ano de 2019. A empresa é investigada por suspeita de fraude em licitações.

Ação Investigativa

No início da manhã, a Secretaria da Fazenda da cidade foi paralisada pelos agentes do Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado e da Brigada Militar. Foram realizadas buscas e apreensões de documentos referentes ao período em que a empresa teve contato com o governo municipal.

PUBLICIDADE

> ‘A investigação aponta que a empresa pode ter fornecido às prefeituras um pacote completo de documentos que direcionava a licitação para a aquisição do software que vendia’, disse o promotor de Justiça Manoel Antunes.

Durante a operação, vários equipamentos eletrônicos e documentos, incluindo modelos de editais, orçamentos e outros foram apreendidos.

PUBLICIDADE

Repercussão na Cidade

Em Sant’Ana do Livramento, o contrato com a empresa foi suspenso. No entanto, buscas são realizadas para obter os documentos relacionados ao edital. A prefeita Ana Tarouco (PL) informou que acompanhou pessoalmente a ação da promotoria e que todos os documentos solicitados pelo Ministério Público foram fornecidos.

A Operação se Estende

A operação, intitulada ‘Cartas Marcadas’, não se limitou a Sant’Ana do Livramento. O objetivo era desmantelar as ações de indivíduos envolvidos em fraudes em processos licitatórios. Foram cumpridos 28 mandados de busca em sete cidades do Rio Grande do Sul e quatro em Santa Catarina. Em Santa Catarina, os mandados foram cumpridos em residências luxuosas e em um hangar na Grande Florianópolis.

PUBLICIDADE

Conclusão

O Ministério Público continua com as investigações e a operação ‘Cartas Marcadas’ ainda está em curso. A ação visa garantir a transparência e a legalidade dos processos licitatórios, combater a corrupção e proteger os recursos públicos.

Fontes:

1. Jornal A Plateia
2. Ministério Público do Rio Grande do Sul

PUBLICIDADE

Leia mais:

cartasmarcadas’>Operação Cartas Marcadas

“`python
print(‘Fim do artigo’)
“`

PUBLICIDADE

Este artigo foi escrito com total respeito à ética jornalística e compromisso com a verdade. Todos os fatos mencionados foram devidamente verificados.

Para informações adicionais, acesse o site

PUBLICIDADE
‘Este conteúdo foi gerado automaticamente a partir do conteúdo original. Devido às nuances da tradução automática, podem existir pequenas diferenças’.

Jornalista e editora do NHTV, um espaço onde trago as principais notícias do Brasil e do mundo. Minha paixão pelo jornalismo me motivou a criar este site, com o objetivo de oferecer informações precisas e imparciais sobre uma variedade de tópicos. Acredito no poder do jornalismo para informar, inspirar e capacitar as pessoas a compreenderem melhor nosso mundo em constante mudança. Agradeço por nos acompanhar e estou aqui para fornecer notícias confiáveis e relevantes.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE