Connect with us
Rastreabilidade 100% do Ouro - Tecnicamente viável ou pura fantasia? Rastreabilidade 100% do Ouro - Tecnicamente viável ou pura fantasia?

Notícias

Rastreabilidade 100% do Ouro – Tecnicamente viável ou pura fantasia?

Artigo

em

Introdução

Em um mundo onde a ética e a sustentabilidade estão cada vez mais em voga, a origem dos produtos que consumimos tem se tornado uma questão crucial. No setor de metais preciosos, especificamente o ouro, essa preocupação não é diferente. Refinarias, bancos, joalherias e fabricantes de relógios suíços estão sob pressão para garantir que o ouro que utilizam não esteja ligado a danos ambientais ou violações de direitos humanos. No entanto, rastrear o ouro desde sua origem até o produto final tem se mostrado um desafio inatingível até o momento.

Rastreabilidade do Ouro: Uma Tarefa Desafiadora

A Suíça, um dos principais centros internacionais de refino de ouro e comércio de commodities, tem uma responsabilidade especial em relação a uma cadeia de fornecimento de ouro confiável e justa. Cerca de um terço do ouro extraído mundialmente e metade do ouro reciclado são processados ou refinados dentro das fronteiras da nação alpina.

PUBLICIDADE

A meta é alcançar uma rastreabilidade abrangente do ouro, desde o solo até a barra refinada, independentemente de a cadeia de fornecimento começar em uma operação artesanal rudimentar ou em uma grande mina industrial. Mas, como garantir que o ouro usado em um anel ou colar venha de uma mina africana livre de trabalho infantil ou de um garimpo licenciado no Brasil, em vez de uma escavação que polui com mercúrio tóxico ou que beneficia gangues criminosas na Amazônia?

Tecnologias de Rastreabilidade: Múltiplas Soluções

Tecnologias de rastreabilidade digital e física específicas para metais preciosos estão agora sendo oferecidas por várias empresas. Essas soluções são compatíveis, portanto, enquanto as empresas de tecnologia podem se concentrar em vender os méritos de uma abordagem, as refinarias podem usar ambas.

PUBLICIDADE

Entre as soluções disponíveis, a Sicpa, com sede em Lausanne, lançou o Bullion Protect: um selo de segurança aplicado a uma barra de ouro após o processo de refino. Além disso, a London Bullion Market Association e o World Gold Council lançaram um projeto piloto conjunto chamado Gold Bar Integrity (GBI), para monitorar digitalmente a jornada do ouro da mina ao cofre.

O Padrão-Ouro para Rastreabilidade

No entanto, a busca pela tecnologia de rastreabilidade perfeita é acirrada. Todos querem se tornar o padrão-ouro para a rastreabilidade, e este é um tema que gera debates acalorados. As refinarias, por sua vez, não perdem tempo, elas testam e desenvolvem suas tecnologias internamente.

PUBLICIDADE

Por exemplo, a refinaria MKS Pamp, com sede na Suíça, desenvolveu sua própria solução de rastreabilidade baseada em blockchain, a Provenance, que usa desde 2022 para rastrear metais preciosos e apoiar suas alegações de que está fornecendo ouro de forma responsável.

Do mesmo modo, a refinaria suíça Argor-Heraeus usa um marcador de pulverização da desenvolvedora suíça de soluções de rastreabilidade Haelixa para rastrear seu ouro de minas industriais na América do Sul.

PUBLICIDADE

Barbara Beck: A Guru da Rastreabilidade

A geocientista Barbara Beck tem se destacado no campo da rastreabilidade do ouro. Na Universidade de Lausanne, em parceria com a refinaria suíça Metalor, Beck desenvolveu uma abordagem científica para validar a origem do doré, uma barra feita de metais preciosos, incluindo prata e ouro, que é enviada às refinarias para posterior purificação.

Este método, chamado passaporte geoforense, identifica a composição química do ouro para confirmar sua origem. O passaporte geoforense, que foi revelado em maio de 2022, agora é usado rotineiramente para testar barras de doré que chegam à refinaria da Metalor.

PUBLICIDADE

A Solução da GeoBlock

Outra solução com foco no trecho mais desafiador da cadeia de suprimentos foi desenvolvida pela GeoBlock, uma empresa de gerenciamento de dados com sede em Zurique especializada em análise de produção de ouro a montante. A solução de rastreabilidade da GeoBlock combina análise de elementos metálicos com cálculos estatísticos para verificar se o ouro é originário de uma geografia específica.

O Problema do Tamanho da Amazônia

A mineração na região amazônica tem um impacto deletério sobre a terra e as populações indígenas locais. O ambiente está sendo poluído devido à utilização de mercúrio para extrair o metal precioso, a desflorestação está destruindo habitats naturais e o crime organizado está difundindo-se em toda a cadeia de valor.

PUBLICIDADE

Em 2021, a Suíça foi o maior comprador de ouro brasileiro (US$ 1,26 bilhão), atrás apenas do Canadá, segundo o Observatório da Complexidade Econômica. Entre 2015 e 2020, o Brasil comercializou 229 toneladas de ouro que apresentavam indícios de ilegalidade, segundo estudo do Instituto Escolhas, organização de sustentabilidade com sede em São Paulo.

Mudanças no Brasil

Uma mudança de governo no Brasil neste ano inaugurou controles mais rígidos sobre o comércio de ouro e empurrou as preocupações ambientais e indígenas para a agenda nacional. A Medida Provisória do Ouro, adotada em abril, acabou com as vendas de boa-fé e determinou notas fiscais eletrônicas para compra, venda e transporte de ouro dentro do país.

PUBLICIDADE

Rastreabilidade x Transparência

Na Suíça, as refinarias enfatizam a distinção entre transparência e rastreabilidade. Eles argumentam que é possível ter uma cadeia de suprimentos rastreável sem necessariamente ser transparente sobre tudo, alegando que revelar suas fontes comprometeria sua competitividade.

Conclusão

A rastreabilidade 100% do ouro é tecnicamente viável? A resposta é complexa. Enquanto avançamos no desenvolvimento

PUBLICIDADE

Para informações adicionais, acesse o site

‘Este conteúdo foi gerado automaticamente a partir do conteúdo original. Devido às nuances da tradução automática, podem existir pequenas diferenças’.
PUBLICIDADE

Jornalista e editora do NHTV, um espaço onde trago as principais notícias do Brasil e do mundo. Minha paixão pelo jornalismo me motivou a criar este site, com o objetivo de oferecer informações precisas e imparciais sobre uma variedade de tópicos. Acredito no poder do jornalismo para informar, inspirar e capacitar as pessoas a compreenderem melhor nosso mundo em constante mudança. Agradeço por nos acompanhar e estou aqui para fornecer notícias confiáveis e relevantes.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE