Galos Infernais no Jardim Jurema Valinhos

A prefeitura não toma nenhuma atitude e não faz nada para quem cria na cidade aves [Galos] e animais em certa demasia, resultando em poluição sonora, insetos, bactérias, pragas (escorpião, dengue…).

Sou morador do Jardim Jurema e estou cansado com vários criadores de galos. As aves incomodam toda a vizinhança com vocalização durante a madrugada, horário em que a lei de silêncio deve ser cumprida.

TODOS possuem o direito de dormir e descansar, nós os vizinhos, não temos culpa de quem cria essas aves e animais dentro do quintal. Às vezes até escapam e vira aquele inferno. Cada um tem o direito de ter o animal que puder em casa, até mesmo um boi, desde que isso não afete ou perturbe a paz a seu redor!

Na Rua Vicente Ângelo Bissoto e Rua Luiz Borin tem casas que nem suporta a quantidade de galos e galinhas que possui. Deveriam encontrar um local mais adequado para o criação desses bichos.

Outra, o mal cheiro e os insetos que estão invadindo a minha casa está insuportável. Se alguém da minha família contrair dengue procurarei meus direitos.

Essas famílias deveriam ter consciência que os outros não incomodam sono e muito menos levam bactérias para as suas casas !!!

Acredito que a Prefeitura tem a sua parcela de culpa. Nunca se faz nada para essas pessoas, nenhuma multa ou atitude é aplicada.

A pessoa responsável que vem verificar os vestígios da dengue já deveria informa-los do problema, mais parece que eles recebem propinas para ficaram de bico fechado.
Ridículo essa situação!!
Sem mais.

Enviado por: Roger

Cidade: Valinhos