Claudia Raia parabeniza mulher de Edson Celulari por aniversário: ‘Muita saúde!’

‘Dom Sabino não é abolicionista’, reforçou Edson

Um pouco antes da atual trama das sete entrar no ar, o ator detalhou um pouco da personalidade do seu personagem ao Purepeople. “Não, ele não era abolicionista não. Ele defendia o imperador. Ele era contra a república, ele tem respeito com a história do Brasil com relação à colonização portuguesa e ao mesmo tempo ele é politicamente conservador”, disse. “Ele é um homem de temperamento único, decidido, que vive para a família. É dedicado aos seus. Tentou três vezes um filho homem e nasceram três mulheres e sente falta de um filho varão para poder ser seu herdeiro”, acrescentou Edson sobre dom Sabino, um dono de escravos e que terá uma arma apontada na cabeça por Lalá (Micael) nos próximos capítulos do folhetim.

Ator venceu câncer linfático: ‘Três dias de tensão’

Há dois anos, Edson foi diagnosticado com um câncer linfático do tipo não-Hodgkin, o mesmo que acometeu Reynaldo Gianecchini. Já curado da doença, o ator afirmou que encontrou determinação ao descobrir que eram grandes as chances de cura. “Era grave. Você pensa em perda, no definitivo, naquilo que vai deixar. Mas durou três dias”, frisou, acrescentando: “Quando me apresentaram o protocolo de tratamento, já experimentado, com ótimos resultados, achei que voltaria a campo. E voltei para o segundo tempo com mais fôlego”.

(Por Guilherme Guidorizzi)