Hortolândia adere campanha nacional de atualização de vacinas

Hortolândia adere campanha nacional de atualização de vacinas

Ação acontece a partir de segunda-feira (11/09); no dia 16, sábado, postos de saúde estarão abertos para ampliar cobertura vacinal

 

As 17 unidades de saúde da Prefeitura de Hortolândia que possuem sala de vacina participam, a partir da próxima semana, da Campanha Nacional de Atualização de Carteirinhas de Vacinação. Entre os dias 11 e 26 deste mês, será possível se proteger contra diversas doenças tomando as vacinas que estão em atraso. O foco da campanha é ampliar a cobertura vacinal principalmente para as doses recomendadas às crianças e adolescentes até 14 anos completos, como as vacinas contra meningite e HPV (Papiloma Vírus Humano). A campanha de atualização terá um dia D, com 12 postos de saúde abertos no dia 16, sábado, das 8h às 17h

As unidades que possuem sala de vacina são: UBS (Unidade Básica de Saúde) Jd. Amanda, UBS Jd. Rosolen, UBS Nova Hortolândia, UBS Santa Clara, UBS Novo Ângulo, USF (Unidade de Saúde da Família) Villa Ghiraldelli, USF Orestes Ôngaro, USF Jd. Santa Esmeralda, USF Taquara Branca, USF Santiago, USF Jd. Amanda, USF Jd. São bento, USF Parque do Horto, USF Jd. São Jorge, USF São Sebastião e USF Nova Europa. Todas elas participam da campanha de intensificação.

Mas atenção às unidades que estarão abertas no dia D (16/09): UBS Jd. Amanda, UBS Jd. Rosolen, UBS Nova Hortolândia, UBS Santa Clara, UBS Novo Ângulo, USF Santiago, USF Jd. Amanda, USF Jd. São bento, USF Parque do Horto, USF Jd. São Jorge, USF São Sebastião e USF Nova Europa.

Para atualizar a Carteirinha de Vacinação, basta comparecer na unidade de saúde mais próxima de casa, levando o documento com o histórico das imunizações já recebidas. As equipes das salas de vacina vão conferir se a Carteirinha está com as doses em dia e, caso alguma vacina esteja atrasada, a pessoa é imunizada na hora, gratuitamente.

A Vigilância Epidemiológica, órgão da Prefeitura de Hortolândia, vinculado à Secretaria Municipal de Saúde, orienta a população sobre a importância de ficar sempre atento sobre as datas previstas no Calendário Básico de Vacinação para que nenhuma imunização seja esquecida. Além disso, é preciso prestar atenção nas mudanças realizadas neste calendário, como ampliação de faixa etária e inclusão de novas vacinas.

De acordo com informações do órgão municipal, sete vacinas sofreram alterações de Calendário, no último ano. São elas: Hepatite A, Hepatite B, Tetra Viral (Sarampo, Caxumba, Rubéola e Catapora), Tríplice Viral (sarampo, Caxumba e Rubéola), Meningo C (Meningite), dTpa-Gestantes (Coqueluche) e HPV (Papiloma Vírus Humano). Especificamente em Hortolândia, a Vigilância Epidemiológica também recomenda a vacinação contra Febre Amarela, uma vez que no início deste ano a cidade foi incluída como cidade de risco ampliado para a doença. Para esta vacina, a orientação é que sejam imunizadas pessoas de todas as faixas etárias, com exceção de crianças menores de um ano, gestantes e pessoas com baixa imunidade.

VACINAS

Como era em 2016

Como está em 2017

Hepatite A

Idade máxima: 2 anos

01 dose (única) aos 15 meses

ou

até 4 anos

Hepatite B

Adultos até 49 anos

Qualquer faixa etária

Tetra Viral (para crianças)

Idade máxima: 2 anos

1ª dose com 12 meses,

2ª dose com 15 meses

ou

1ª dose aos 15 meses,

sendo aceita até 4 anos

Tríplice Viral (para adultos)

Duas doses até 19 anos ou uma dose de 20 a 49 anos

2ª dose até 29 anos ou

dose única de 30 a 49 anos

Meningo C

Crianças: Três doses aos 3, 5 e 12 meses

Idade máxima para reforço até 2 anos

Crianças: Três doses

aos 3, 5 e 12 meses.

Idade máxima para reforço passa a ser até 4 anos

Adolescentes: reforço aos

12 e 13 anos

dTpa

Gestantes

Uma dose a cada gestação, entre a 27ª e a 36ª semana

Uma dose a cada gestação, a partir de 20ª semana

ou vacinação no puerpério

(45 dias após o parto)

HPV

Mulheres de 9 a 26 anos com HIV/Aids

 

Meninas, de 9 a 14 anos

 

Meninos, de 12 a 13 anos

Adultos até 26 anos, que se submeteram a transplantes

ou pacientes oncológicos

 

Homens e Mulheres de 9 a 26 anos com HIV/Aids

 

Meninas de 9 a 14 anos

 

Meninos de 11 a 14 anos

Febre Amarela (específicamente para moradores de Hortolândia)

Recomendada para quem for viajar para áreas de transmissão da doença

Recomendada para toda a população