Em nota, Frente Brasil Popular ressalta que militância não deve agredir jornalistas

Curtas do Poder

Curtas do Poder

A foto em Periperi, quando o Soberano anunciou sua desistência em assumir a corrida contra a sucessão do Correria, estava mais para enterro de pessoa muito querida. O vice Gatinho ficou tão tristinho que chorou no palanque. A verdade é que o Soberano não confiava em deixar a caneta em suas mãos. Errado ele não estava. Já Sandrinho Régis está choroso até hoje. Inconformado, anda a choramingar pelos quatros cantos na Assembleia. Vai acabar arranjando um ombro amigo. Se for muito amigo, pode até acabar em casamento. Certo foi o Harry Potter Envelhecido, que não esperou o mau tempo e foi pros braços da torcida do Bahia. Por um triz o ex-secretário de Agricultura, Vitor Bonfim, não vira vice na chapa do Soberano. Levado ao PR por Jonga “Problema”, o menino não calculava a roubada que estava se metendo. E quem segurou o deputado Elmar Nascimento no DEM foi uma ligação de Rodrigo Maia, que durou quase uma hora. Elmar disse “cobras e lagartos” do Soberano. Expressões como “covarde e frouxo” foram as mais leves. Já Cláudio Cajado, caladinho, deu no pé do DEM. Desconfiado que ia ficar na chuva, tratou logo de procurar o ninho do Bonitão. Saiba mais!